Anater capacita extensionistas rurais para atuarem pelo Produzir Brasil no Centro-Oeste

Anater capacita extensionistas rurais para atuarem pelo Produzir Brasil no Centro-Oeste

10 de julho de 2021 Destaques 0

A partir desta segunda-feira (28) até a próxima quinta-feira (01/07), a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) capacita novas turmas de extensionistas rurais para atuarem pelo Programa de Consolidação de Assentamentos – Produzir Brasil, na região Centro-Oeste. A política pública possui metodologia específica para assistir famílias de agricultores(as) assentados(as) tituladas ou em processo de titulação. Nesta semana, cerca de 40 profissionais passarão pelo processo de formação a distância.

Os extensionistas compõem as equipes do Instituto Biosistêmico, Instituto de Desenvolvimento Humano, Social e Ambiental (Desenvolver) e Agência de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste do Paraná (Adeop).  Essas empresas executoras de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) participaram da Chamada Pública 001/2020 e foram contratadas para atenderem a listagem de beneficiários do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O curso é ministrado no formato online e possui carga horária de 40 horas. No início da capacitação, é apresentada a grade curricular, bem como o panorama geral sobre o Produzir Brasil. Temas como Associativismo e Cooperativismo, Bioeconomia, Ater Digital, Projeto Individual e Coletivo de Ater, e Plano de Desenvolvimento Sustentável dos Assentamentos (PDSA) fazem parte do conteúdo.

A metodologia é baseada na prática por meio do Sistema de Gestão de Ater (SGA), implementado pela Anater. A execução das atividades em campo inicia após a completa formação dos profissionais.

Além da parceria com o Incra, a implementação do Produzir Brasil é realizada sob governança do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Esse é o nono curso realizado pela Anater, neste ano de 2021. Ao todo, serão capacitados, neste semestre, mais de 700 agentes de Ater e coordenadores do Programa Produzir Brasil, Projeto Dom Helder Câmara (PDHC) e Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) – Terra Brasil.

Como os extensionistas irão trabalhar com as famílias rurais assentadas?

Durante 24 meses, serão realizadas atividades coletivas e individuais. Todos os extensionistas são preparados pela Anater com a metodologia do Produzir Brasil para trabalhar diretamente com os agricultores nos assentamentos.

Com o cadastro e a autorização do beneficiário, será iniciado o acompanhamento. A Ater contempla três eixos: Produtivo, Promoção Social e Agroambiental.

O trabalho será realizado em cinco etapas: definição dos beneficiários; diagnóstico e planejamento das ações; elaboração e entrega dos projetos; assistência técnica e; por fim, avaliação dos resultados.

Efeitos positivos do Produzir Brasil para a agricultura familiar do País

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *